AARGS

Recomendação salarial para o arquivista

A ASSOCIAÇÃO DOS ARQUIVISTAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL,

Considerando ser o Arquivista um profissional de nível superior, cuja profissão é reconhecida pela Lei nº 6546 de 4 de julho de 1978; Considerando não existir, ainda, o salário mínimo profissional para a categoria; Considerando que ao Arquivista cabe justa remuneração, proporcional às responsabilidades exercidas;

RESOLVE RECOMENDAR:

a) Salário base mensal mínimo;
Para 40 horas semanais – 8 salários mínimos regionais
Para 30 horas semanais – 6 salários mínimos regionais
Para 20 horas semanais – 4 salários mínimos regionais

b) Salário hora - 13,5% do salário mínimo regional.

c) Consultoria e assessoria; diagnóstico e projeto; organização – implantação – manutenção: hora técnica de 20% do salário mínimo.

d) Treinamento ou Cursos de aperfeiçoamento: hora técnica de 25% do salário mínimo.

e) Cursos de Pós-graduação – Especialização: hora técnica de 50% do salário mínimo.

f) Cursos de Pós-Graduação – Mestrado – doutorado: hora técnica de 70% do salário mínimo.


Recomendação aprovada em Assembléia Geral Extraordinária da AARS em 25 de abril de 2005.

 

 

Você está aqui: Home A profissão Recomendação salarial